terça-feira, 28 de abril de 2015

Inquietação

O poema em mim grita,
Grita tanto que, ao ouvi-lo,
O coração para pra escutar
E é enchido desse amor
Doce que ele calmamente dita.

Francisco Libânio,
09/06/14, 10:11 PM
Postar um comentário