sexta-feira, 17 de abril de 2015

1845 - Soneto do pecado nefando

Os padres nos tempos da Inquisição
Diziam do pecado nefando, sodomia,
O mais abjeto, o pior que deles havia
E contra ele seria grave uma punição.

Ser gay na Idade Média, uma situação
Horrível. A Europa, que a tudo já punia,
Soube medir bem o mal, com tal tirania
E com furor que nunca haveria salvação.

Só que no Brasil, a um oceano da matriz,
Terra de índio, escravo, ladrão, meretriz
E branco doido para por as asas de fora,

A Inquisição tentou ser feroz no castigo,
Mas aqui menos puniu que deu abrigo
Já que até padre tinha a vez de senhora.

Francisco Libânio,
02/04/15, 11:53 AM
Postar um comentário