domingo, 22 de fevereiro de 2015

1788 - Soneto do calendário rasgado

Uma folhinha, que lá em Janeiro
Era gorda, após forçado regime,
Entrou em Dezembro nesse time
Das esbeltinhas no dia primeiro,

Mas o passar do mês e o cheiro
Do dia de ano inspiraram a sublime
Vontade de engordar, um crime
Em tempo em que o verdadeiro

Sinônimo de belo era a magreza.
E nos trinta e um veio a beleza
Sonhada pelo mulherio, mas a tal

Folhinha queria era bem o inverso.
Trocada, inútil com o mal perverso,
Desejava a sua substituta o igual.

Francisco Libânio,
16/12/14, 1:24 PM
Postar um comentário