quinta-feira, 23 de agosto de 2012

0393 - Soneto rodrigueano


É que ler o velho Nelsão
Mistura nojo com prazer,
Suas damas a se perder
Na completa devassidão

E em casa, toda correição,
Pudicícia que dá pra se ver,
E dentro, tal tipo de mulher
Queremos por possessão,

Maldito Nelson boquirroto,
Conservador, velho escroto,
Se achava homem de bem

A defender costumes morais
E conhecia das perfídias tais
E todas melhor que ninguém

Francisco Libânio,
23/08/12, 10:48 AM
Postar um comentário