terça-feira, 15 de março de 2011

Para quem escreve


A necessidade de um assunto é tão premente,
Tão prioritária que quem escreve e não cura
De escolher sobre o que é escrito e só procura
Assunto para encher a página e, finalmente,

Dizer que escreveu não merece receber lisura
Do leitor. Quem escreve precisa ter em mente
Que o bom escrito vem de uma lapidação dura
E que a bisca do assunto é parte do batente,

É encontrar o diamante que será cristalizado,
É poli-lo com a dureza grata de quem educa,
É arrematá-lo deixando puro e bem acabado

Qual diamante deve ser o texto ao fim escrito,
Com ideia labutada e um quê que ainda retruca
Perfeição crendo que poderia ser mais bonito.

Francisco Libânio,
15/03/11, 12:30 AM
Postar um comentário