sexta-feira, 25 de julho de 2014

1725 - Soneto da discussão de relação

É preciso repensar...

Em dia que o relacionamento vai bem,
Ela ama, ele ama, a coisa no conforme,
Eis que algo para diferir do uniforme
Tédio amoroso pinta quando ela vem

Sem paz no peito e querendo também
Tirar a paz dele e manda essa enorme
Aporrinhação acordando o que dorme,
Que é alguma casqueta que está além

Das lembranças Hora de rever namoro,
Debater posturas e impor novo decoro,
Pois ela escarafunchou um novo tema.

Ele se dispõe ao debate e, diplomático,
Avisa que não cederá ao tom dramático
Dela e que o debate é todo o problema.

Francisco Libânio,
03/07/14, 12:31 PM
Postar um comentário