terça-feira, 15 de julho de 2014

1716 - Soneto da namorada ansiosa

Ela ficou muito braba depois. Ah, ficou!

Ela queria saber qual era o presente
Que ia ganhar do seu amor-amado
No dia de amanhã. Tinha preparado,
Ela, da sua parte algo surpreendente

E ela queria também reciprocamente
Ser surpreendida com algum agrado
À altura dela, um jantar do namorado,
O dia todo a dois ou talvez, finalmente,

Sua promoção de namorada a esposa.
A véspera da moça foi aquela ansiosa
Nesse dia que rasteja e nunca galopa.

Chegado o dia, a moça teve surpresa.
Namorado fez conta e pesou despesa
E preferiu trocar pelo Brasil na Copa.

Francisco Libânio,
11/06/14, 7:31 PM
Postar um comentário