segunda-feira, 21 de julho de 2014

1718 - Soneto do casal antifutebol

E tem quem prefirar ver vinte dois caras com uma bola...

Dia de Copa e eles, na contramão,
Estavam nem aí pra Copa, Brasil,
Croácia, esse clima quase imbecil
Que endeusava a nossa Seleção.

Minoria, eles aceitavam a situação,
Mas era bem difícil evitar ser hostil
Ao dizer que contrapunha tal perfil
De pátria de chuteiras, a comoção

Com gol sofrido como o orgasmo
Do gol pró. O casal punha pasmo
Os pelo futebol tão apaixonados.

Pois, dia de Copa, o olho na bola
E enquanto a galera lá se bitola
O casal vive o dia dos namorados.

Francisco Libânio,
12/06/14, 8:19 PM
Postar um comentário