quinta-feira, 3 de outubro de 2013

1226 - Soneto sob influência de Cassia

Faz falta.

Cassia destilou com malandragem
Só dela o que Ângela já começara,
Música boa não invade essa seara
Do sexo. Estúpidos os que agem

Vendo além da música a imagem,
Com quem se dorme e não separa
Arte e vida pessoal. É a mais clara
Mostra de burrice e de viadagem.

Cassia não estava nem aí, Melhor!
A cantora seguiu sendo lá a maior
Da década e seguiu até ela morrer.

Sobre a viadagem e o preconceito?
Ela vivia com a esposa e de seu jeito
Mandava quem era contra se foder.

Francisco Libânio,
03/10/13, 10:55 AM
Postar um comentário