segunda-feira, 4 de abril de 2011

Pecado


Mais que viver em pecado, pior heresia
É não se arrepender, é ser eterno pecador,
É deixar se consumir num ígneo ardor
E se consumir nele vivendo à revelia

Dos preceitos que nos salvam da dor,
Da reflexão que depura a alma e auxilia
A ver com os olhos o que ela não via
E de tudo o que faz nosso peito pior

Sei de tudo isso, sei que, pecadores,
Todos somos de quando nascemos
Até nosso último dia como viventes

Mas como desvencilhar das serpentes?
Como fugir desses desejos extremos
De possuir teu corpo e teus calores?

Francisco Libânio,
04/04/11, 7:14 PM
Postar um comentário