quarta-feira, 28 de novembro de 2012

650 - Soneto discutivo-feminino

Eu acho essa mulher linda! Toco qualquer Bundchen por ela.


Aí falamos sobre as belezas da mulher
Ele adora mulher loura, eu mulher negra.
Claro que isso não é absoluta regra,
Mas os dois, na mesa de bar, a eleger

A mais maravilhosa, um infantil lazer.
Passa uma loura que muito me alegra
E depois uma mulata que o desregra
Convicções... Como é duro as defender!

Aí falamos de musas lindas televisivas,
E damos a comparações aumentativas,
Verdadeira guerra para a maior beldade!

Pagamos a conta, seguimos a solteirice,
E cá concluo, mais a deusa que me erice,
Dificilmente a terei comigo de verdade.

Francisco Libânio,
28/11/12, 7:19 PM

Postar um comentário