sexta-feira, 5 de outubro de 2012

491 - Soneto de riqueza

Treinando pra ser Eike Batista. Quem sabe um dia...


E o que tem gente que ou inveja
Ou quer ser igual ao Eike Batista,
Vou te contar! O melhor otimista
Trabalha, puxa saco e se rasteja

Para ter uma carteira que viceja.
O que inveja dá disso mais pista
Diz em baba: rico é tudo egoísta!
Que se satisfaz com o da cerveja

Do meu lado, sempre à esquerda,
Vejo na fortuna tanta uma perda
Social refletir num mundo injusto

Óbvio: Mais se faz, mais merece!
Mas temo quem demais enriquece
Empobrece a outros a todo custo.

Francisco Libânio,
05/10/12, 12:29 PM
Postar um comentário