segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

O Homem, este animal racional,


O Homem, este animal racional,
Dito superior entre toda a criação,
Com inteligência e sentimental,
Capaz de dar nome à sua emoção;

Este animal criado tão excepcional,
Proclamado a própria perfeição
Acreditou e acima do bem e do mal
Se pôs subjugando toda a criação

Bem como o próprio homem, igual,
Racional e perfeito, porém inferior
Por alguma razão outrora definida

Pobre homem de mísera e invertida
Mente que, dita sábia, quis se impor
À força, o argumento mais irracional.

Francisco Libânio,
31/01/11, 8:00 PM
Postar um comentário