terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Pelos poemas que escrevi


Todos os poemas que escrevi
Sobre nossa história foram reais
Pois de alguma forma eu os vivi
E por algum motivo de força maior
Não os pude viver mais

Azar. Eles estão para a posterioridade
Que legará de nós algo real
E que os ler que se inspire na capacidade
De viver à plena um bom amor
Ainda que venha um fim e faça mal.

Francisco Libânio,
11/01/11, 8:54 PM
Postar um comentário