quinta-feira, 30 de julho de 2009

Olvidável


Extraído de http://1.bp.blogspot.com/_3AySqaBJ_Es/SC7V1Mc0H1I/AAAAAAAABJc/tgWRBW4-8hc/s400/N%C3%A3o+me+ensinaste+a+esquecer.jpg

Não se foram de mim nenhum dos nossos momentos,
Trago-os como tesouro num baú trancado,
Mas o que entremeava isso tudo, os tormentos,
As discussões, as diferenças, nosso olhar de lado
Tudo o que eu queria de olvidável nas lembranças
Ficou junto também. Guardado, e deste baú lacrado
Só conseguiu escapar o que havia de esperanças.

Francisco Libânio,
27/07/09, 10:23 PM
Postar um comentário