terça-feira, 28 de julho de 2009

O outro lado da moeda Amor


Extraído de http://sagribow.sulekha.com/mstore/sagribow/albums/default/girl-and-rain-dark-1.jpg

Fala-se do Amor como fosse um sentimento
Muito bom, muito alegre, algo, assim, redentor,
Mas se esquece que muito do que é sofrimento
É efeito colateral, o outro lado da moeda Amor.

Não, não sou um poeta do Amor desgostoso,
Do Amor já tive meus dias felizes e os infelizes,
Eu só não vejo o Amor com este tom saudoso
E romântico, prefiro me ater aos seus deslizes

Respeito e admiro os que amam e são amados,
Leio e me preencho nos versos dos apaixonados,
Mas, dos abandonados pelo Amor, quem fala?

Assim, comparo o Amor à nossa vã sociedade,
Feliz em ter dando ao ouro o valor da felicidade,
Mas com quem não tem, dele se protege e se cala.

Francisco Libânio,
28/07/09, 10:52 PM
Postar um comentário