terça-feira, 21 de julho de 2009

37 - Esconde dos outros as virtudes melhores


Extraído de http://eunao.files.wordpress.com/2008/04/amizade2.jpg

Esconde dos outros as virtudes melhores,
Deixa à vista de todos apenas o suficiente
Para que te pareças amável e presente,
Mostra-te colorido nas mais simples cores

Não sejas por demais o tipo sorridente
Ou aquele que se desfia em favores,
A bondade em excesso traz detratores
Mais do que a gratidão benevolente

Sê bom e amigo na medida exata
De não viciar fazendo-te de muleta
Aos velhacos nem de, à necessidade

Real, ser insensível. Apenas trata
Com correição ao outro. O exagero afeta,
Quando é de bom, em cheio a maldade.

Francisco Libânio,
17/06/09, 12:32 AM
Postar um comentário