terça-feira, 7 de julho de 2009

33 - Das minhas dores sei melhor que ninguém,


Extraído de http://3.bp.blogspot.com/_JDYYUsDUznQ/SS7-EMy-bxI/AAAAAAAAAhI/sK0fMspxHg4/s400/TRISTEZA+2.bmp

Das minhas dores sei melhor que ninguém,
Não me venham terapeutas com conselhos,
Sumam os doridos, os danados e os velhos
Que nem aos seus problemas soluções têm

Se me virem mal-humorado é um canal,
Se me virem chorando é uma explosão
Do que me dói e tais formas dão a vazão
Para que eu tenha um tanto exato de mal

Para viver, pois para a vida é necessário
Um tanto de tristeza para contra-balanço
Da alegria, que dizem ser a motriz da vida.

Então, deixem minhas dores num relicário
Ao lado dos sorrisos. Ambos serão o descanso
E o tônico na hora certa em minha corrida.

Francisco Libânio,
07/06/09, 11:54 PM
Postar um comentário