domingo, 2 de agosto de 2009

Domingadas 03 - Baco


Caravaggio, Baco. Em http://jesienny-pan.icx.pl/alegorie/imagepages/image51.html

E em meio aos sorrisos e à algazarra,
Chama à atenção, presidindo o banquete,
O venerável Baco a erguer sua jarra
De vinho e a convocar pra si seu gabinete

De outros respeitáveis. Cessa a farra,
O deus, com a autoridade que lhe compete,
Discursa pelo bem do banquete, narra
Casos de outros deuses e deita um tapete

Pela clareira, chama-me como se apregoasse
Um cavaleiro prestes a ser consagrado.
Vou ao encontro sob os olhares de aguardo

Fala-me o deus “És tu um raro felizardo!
Não nos é hábito ter um humano por convidado!”
E pediu que a bancada se me apresentasse.

Francisco Libânio,
01/08/09, 10:42 PM
Postar um comentário