sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

1758 - Soneto quadrúpede

Porque evolução visa uma melhora,
Evoluir em algo é andar para frente
E o Homem com a teoria em mente
Agarrou-se à ideia e dali foi embora.

O animal de quatro não se aprimora,
Não raciocina e só é dado inteligente
Se adestrado e repetir maquinalmente
Um truque, dois, três e a encantadora

Habilidade distingue o bicho de tantos.
Mas com quatro patas e esses mantos
De selvagem e de animal não evoluído,

Ele fica lá na selva sem adestramento,
Vê o homem evoluído e o pensamento
É: É tão inteligente e subdesenvolvido.

Francisco Libânio,
02/08/14, 11:05 AM
Postar um comentário