sábado, 4 de junho de 2011

Mattosianas 086 - Soneto Eleitoral


O candidato a vereador em campanha
Deu brindes e terminou o melhor eleito,
Empossado fez pouco, mas com efeito,
Noutra eleição, usou a mesma artimanha,

Foi deputado. Teve a senadoria ganha
A presentes. Seu eleitor estava satisfeito,
Em que votou? Não lembrava direito,
Mas guardava bem os bens da barganha

E com este artifício se elegeu presidente,
Sem nada ter feito, na troca sub-reptícia
Até ser pego em corrupção pela Polícia

Quis agradar ao Delegado com presente,
Foi preso e seu ilícito teve gravame pior,
O Delega não era assim como seu eleitor.

Francisco Libânio,
02/06/11, 9:20 PM
Postar um comentário