sexta-feira, 3 de abril de 2009

17 - A Vaidade


Extraído de http://format.blogosfere.it/images/Narciso-thumb.jpg


A vaidade, mais que pecado e doença,
É um vício mau, persuasivo e paulatino
Que leva desavisadamente ao desatino
Chegando à loucura antes do que pensa

Quem se imiscui nele sela o seu destino
Crendo-se belo, altivo, único e de imensa
Sabedoria e conhecimento. E nessa crença
Tanto insiste que se tem acima do divino

Mesmo sendo homem igual a outros tantos,
Mas não se reconhece como os inferiores
E julga-se digno de loas e de homenagens

Viverá, então, o viciado das miragens
E se um dia se der conta do mal e dos horrores
Se verá pelos iguais abandonado aos cantos.

Francisco Libânio
27/02/09
11:28 PM
Postar um comentário