quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Hai-kai de ressaca afetiva


Agora que não existe mais a gente
Não me cobre sorrisos. Espere.
Um dia eu hei de seguir em frente.

Francisco Libânio,
28/10/10, 9:26 AM
Postar um comentário