terça-feira, 2 de agosto de 2011

01 - 01-08-11 - Não queiras que eu me cale


Não queiras que eu me cale
Quando disser que te amo,
Se não queres que eu fale
Não ouças se eu declamo

Teu nome em meus sonetos,
Teu nome em minhas falas,
Teu nome nos mais completos
Elogios e em todas as galas

Não queiras que eu não diga
O quanto te amo, pois dizer
Deste amor é um maior prazer,

Não me prives do direito de amar
Nem do desse amor expressar
Já que não és sequer uma amiga.

Francisco Libânio,
01/08/11, 9:26 PM
Postar um comentário